quinta-feira, junho 01, 2006

Momentaneamente

Falemos de momentos...
Estas são duas ilustrações que retratam muito alguns temas muito recorrentes em minhas pirações: o amor e o tempo.
Quais chances você dá para que eles dois façam sua parte?
Com que freqüência você aproveita o que eles lhe oferecem?

Tentar, abrir, fechar, pegar, abraçar, correr, brigar, chorar, espernear, arrepender-se, desabafar, tentar, espiar,colocar o dedo na boca e...atirar-se de novo! Ah! A seqüência infantil me parece tão mais lógica do que a adulta; que depois de espernear se fecha, endurece, seca.
Dói tentar novos amores, novos tempos, novas experiências de vida.

O amor e o tempo não perdoam.
Mais dia menos dia, eles passam...diante de nossa inércia.

3 comentários:

Alex Cói disse...

Eu acho que deveriamos viver no mundo adulto com a felicidade das crianças...E vc, muléca..?

Bellajubellaisabella disse...

Eu acho q não acho nada...rs.
Só quero ter alegria na vida sempre q possível!
SEM MEDO DE ESCURO!

Anônimo disse...

Eu acho que queria ser um desenho animado, comprar produtos ACME e passar o dia todo cometendo loucuras. E pelas noites ser um hentai desses que tem uns vinte pintos cometento orgias bizarras.

Rodrigo